AGRICULTURA: GUINÉ-BISSAU ‘ATACADA’ PELA LAGARTA LEGIONÁRIA DO OUTONO

0
30

Os camponeses da Guiné-Bissau estão a ser confrontados com um inseto conhecido por Lagarta Legionária do Outono, uma praga para a qual a diretora da proteção vegetal do país, Maria Rosa Ferreira, disse não existir um antídoto mundial.

A responsável disse à Lusa que o Ministério da Agricultura tem estado a ser informado, por camponeses, de quase todo o país, dos ataques da Lagarta Legionária do Outono, com maior incidência nas culturas do milho.

“É uma praga exótica que entrou em África, vinda da América do Sul, que nós registamos aqui na Guiné-Bissau, no ano passado”, declarou Rosa Ferreira.

A diretora dos serviços de proteção vegetal guineense indicou que a praga “é terrível” por atacar “mais de 90 espécies de plantas”.

In Lusa

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here