Aristides Gomes será o primeiro-ministro consensual

0
422

O sociólogo, e antigo primeiro-ministro, Aristides Gomes vai ser nomeado primeiro-ministro na próxima terça-feira, 17 de abril.

O anúncio foi feito este sábado pelo Presidente da República, José Mário Vaz, depois de ter regressado da cimeira de Chefes de Estado e do Governo da CEDEAO realizada em Lomé, no Togo.

O consenso alcançado entre os atores políticos guineenses foi o resultado das últimas negociações entre o Partido Africano da independência da Guiné e Cabo Verde (PAIGC), que propôs o nome, e o Partido da Renovação Social (PRS) , sob auspícios da Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental, cuja missão, de alto nível, esteve no passado dia 11 de abril na capital guineense.

Porém, nos bastidores, o PAIGC já preparara o caminho para Lomé em sintonia com o PRS. Um dos resultados destes diálogos oficiosos foi tornado público a 09 de abril com um acordo para eleição de novos membros da Comissão Nacional de Eleições (CNE), primeira etapa para desbloquear a realização de eleições. Na mesma ocasião os dois partidos concordaram também que a sessão da Assembleia Nacional Popular a ser convocada deveria ter como ordem do dia os dois pontos acordados, garantir pela assinatura dos deputados das duas bancadas a proposta relativamente a revisão pontual da Constituição da República para o efeito de prorrogação da presente legislatura até a data das eleições no país. Dois pontos que constam no comunicado final da Cimeira de Lomé.

Apesar de não ter participado nas reuniões oficiais e oficiosas entre o PAIGC e PRS, mas informado “em tempo real” de todas as movimentações, o Grupo do 15 optou por não fazer ruído político, nem mediático.

Antes de seguirem para Lomé para Lomé, as diferentes partes já tinham chegado a acordo sobre o nome do futuro primeiro-ministro, com base na proposta do PAIGC, todavia foi apresentada uma “lista” em que constavam três nomes, dos quais o atual primeiro-ministro Artur Silva e Aristides Gomes.

No final da sessão extraordinária dos Chefes de Estado e Governo dos países da CEDEAO, a organização sub-regional emitiu um comunicado em que felicitou o PAIGC e o PRS pelo “diálogo para a estabilidade do país”, informou também que foi decidido que a 17 de Abril 2018 Aristides Gomes será nomeado primeiro-ministro e que as eleições legislativas vão ter lugar a 18 de Novembro.

No mesmo documento a CEDEAO lembra que todos os atores políticos decidiram abrir o parlamento na próxima quinta-feira, 19 de Abril, que permitirá dar seguimento à nomeação dos membros da Comissão eleitoral e a “prorrogação da legislatura”.

Aristides Gomes, que terá como principal tarefa organizar as eleições de 18 novembro, foi primeiro-ministro, de Novembro de 2005, a Abril de 2007, enquanto Nino Vieira era Presidente da República.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here