Escritor guineense revoltado com a situação do país

0
507
Foto Arquivo: Adulai Silá, Escritor guineense

As constantes instabilidades e dificuldades da população da Guiné-Bissau em ter as melhores condições continuam a revoltar os cidadãos anónimos e figuras públicas do país.

Adulai Silá, Escritor guineense, afirma que “a Guiné-Bissau é um dos países mais atrasados do mundo”.

Sem se basear em dados concretos, o artista disse, em entrevista ao Programa no Fundo das Artes da CFM, que o país tem a “pobreza real”, uma tendência que, segundo Adulai Sila, deve ser mudada.

O autor de vários romances revela que o maior constrangimento da Guiné-Bissau é o não ensino da literatura nas Escolas do país.

A entrevista do Escritor guineense, Adulai Sila, pode ser ouvida na íntegra, no sábado, 10 de fevereiro, a partir das 19 horas, no programa No fundo das Artes da Capital FM, Rádio Notícias, com apresentação do Jornalista Umaro Sané.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here