ISMAEL HIPÓLITO DJATA ESPELHA O PAÍS NO MUNDO

0
159

O jovem polivalente Ismael Hipólito Djata é um dos mais promissores artistas contemporâneos da África. Djata é artista plástico, ilustrador, escritor, poeta e técnico informático, esta última a sua área de licenciatura pela Universidade de Minho, Braga, Portugal.

No início de Dezembro, Ismael Hipólito Djata inaugurou em Bissau uma Galeria de Arte e Pintura, acompanhada de uma exposição intitulada “Bissau se Despedaça”. Nas pinturas, o artista retrata os diferentes assuntos que marcam o dia-a-dia dos citadinos de Bissau, assim como traz nos seus pinceis os traços culturais do país.

Na sua declaração à agência Lusa, Djata disse “Estamos a viver num país onde os nossos jovens não têm valor, as crianças não têm futuro, onde o futuro do povo está hipotecado pelos políticos abutres”. Recentemente mobilizou presentes de Natal para as crianças de Bafatá, onde já entregou brinquedos no Hospital Regional local.

Ismael Hipólito Djata nasceu em Bissau no dia 16 de Março de 1979. É Poeta, Escritor, Ilustrador e Artista-Plástico. Frequentou o Liceu Nacional ‘Kwameh N’Krumah’ em Bissau. É fundador do Clube dos Poetas Mortos da Guiné-Bissau, membro fundador dos Irmãos-Unidos Arts, membro da Associação dos Artistas Plásticos da Guiné-Bissau, membro da Associação Movimento Artístico de Coimbra “MAC” e membro da Associação de Amizade e das Artes Galego Portuguesa ‘’AAAGP’’.

Djata é licenciado em Tecnologias e Sistemas de informação, pela Universidade do Minho (Campus Guimarães). E tem o curso de Certificado de Competências Pedagógicas pela EspiralSoft em Lisboa. Aos seis anos de idade já manifestava nele o amor e paixão pela arte e aos 16 anos de idade escreveu o seu primeiro verso poético nas folhas soltas. Suas obras estão referenciadas nas publicações como: Recados de Paz – Antologia poética para a Paz na Guiné-Bissau Iª Edição, Revista Kampuni, Revista ArteIdeias, Jornal académico- Universidade do Minho, Jornal Diário de Bissau, Televisão: RTP África e TGB. Nas rádios: RDP África, Renascença, RDN, Bombolon e em vários sites.

CFM/O Democrata

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here