KIMI DJABATÉ APRESENTA NOVO ÁLBUM ‘KANAMALU’ EM BISSAU

0
359

O conceituado músico guineense do estilo afro-mandinga, Kimi Djabaté apresenta esta sexta-feira, 12 de Janeiro 2018, o seu último álbum intitulado ‘Kanamalu’ aos guineenses em Bissau, num concerto a ter lugar no Centro Cultural Português.

‘Kanamalu’, ou seja, numa tradução livre para português – não envergonhas, neste tema musical o cantor da categoria World Music, incentiva aos jovens griots a não terem a vergonha de exercer a sua tradição e cultura.

Um disco editado em 2016 pela nova gravadora – Red Orange Recordings – sediada em Londres, capital Britânica. Kimi Djabaté é compositor e vocalista, balafonista, guitarrista e embaixador da cultura mandinga e guineense em Portugal e no mundo, lê-se numa publicação do semanário guineense O Democrata

‘Kanamalu’, um álbum com doze faixas musicais, nele, o jovem músico traz temas com fortes conteúdos morais, na sua maioria cantada em dialeto mandinga, a língua da sua etnia na Guiné -Bissau.

Segundo a mesma publicação do jornal O Democrata, Kimi Djabaté é considerado pelos críticos da música nas terras lusas como um dos grandes artistas de palco a residir no solo luso.

Lhe recordamos que Kimi Djabaté nasceu no dia 20 de Janeiro de 1975 na tabanca de Tabató, no Leste da Guiné-Bissau. Residente em Lisboa há mais de uma década e meia, é descendente de uma família secular de músicos mandingas. Djabaté viveu toda a sua vida imersa em som e cultura. Aprendeu o balafón (instrumento em que é virtuoso) e toca guitarra, cantando.

‘Kanamalu’ sucede Karam (editado pela multinacional Cumbancha em 2009). Com a edição de ‘Karam’, Kimi Djabaté foi mundialmente aplaudido, tendo o álbum inclusivamente sido distinguido com o segundo lugar da World Music Charts Europe no ano de lançamento. Na Europa Djabaté, colaborou com vários artistas, incluindo Mory Kanté e Waldemar Bastos. Em 2005, Djabaté lançou o seu primeiro álbum a solo, Teriké, de forma independente. O seu segundo álbum a solo – Karam, foi lançado em 28 de Julho de 2009, pela editora Cumbancha. E agora colocou o seu terceiro disco no mercado denominado de ‘Kanamalu’.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here