Setor de arte guineense precisa de mais e melhor atenção das autoridades, defende o artista guineense.

0
353

O Artista Plástico guineense, Carlos Barros, defende a realização de uma mesa redonda com objetivo de facilitar a discussão dos problemas que afetam os homens da arte na Guiné-Bissau.

Em entrevista ao Programa, No Fundo das Artes, da CFM, o artista afirmou ainda que a realização do evento “irá ajudar na promoção da cultura guineense a nível internacional”.

Para Carlos Barros, o Estado guineense “não promove” a atuação dos homens da arte na Guiné-Bissau.

A Entrevista do Artista Plástico, Carlos Barros, pode ser acompanhada na íntegra no sábado, 13 de Janeiro, a partir das 19 horas no programa, No Fundo das Artes da Rádio Capital, Rádio Notícias, com o jornalista Umaro Sane.

©CFM 2018

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here